A turmalina é conhecida como a única ‘Pedra Elétrica Natural’ e possui pólos elétricos permanentes.

Ela é encontrada na província de Yung Nang (Ásia), na região de Urais (antiga União Soviética) e no Brasil.

Em 1880, foram descobertos pelos cientistas americanos, Jack e Pier, de que com a aplicação de pequena pressão ou pequena alteração das temperaturas, a turmalina gerava eletricidade.

A continuidade da pesquisa científica sobre a turmalina, iniciou-se na década de 1980, por um cientista físico japonês, Dr. Tetsujiro Kubo.

Turmalina – Pedra Elétrica Natural.

Após vários anos de pesquisa, concluiu-se que:

  1. Pela propriedade de pólos elétricos permanentes a Turmalina emite uma pequena corrente elétrica, em torno de 60 microamperes, estas correntes elétricas nos organismos ativam as células, aumentando a homeostase.
  2. Pela propriedade de acúmulos de cargas elétricas a turmalina emite radiação infravermelha na faixa de 4 a 14 micrometros, dilatando as veias, inclusive as microveias.
  3. Quebra os clusters da água, diminuindo o tamanho dos macroagrupamentos de moléculas de água.
  4. Através da propriedade de acúmulo de cargas elétricas a turmalina transforma o ar íon positivo (poluído) em ar íon negativo (ar saudável), que ativa e equilibra o funcionamento dos órgãos.

”A TURMALINA AUXILIA

NO ALIVIO DE DOR.”


Efeitos da Turmalina:

  1. Estímulo da circulação sanguínea;
  2. Rompimento efetivo dos Clusters (moléculas de água agrupadas, que inibem a livre circulação de minerais, vitaminas e hormônios);
  3. Alivio de dor no organismo (ativa liberação de óxido nítrico);

A Turmalina é uma exclusividade Bio Magistral, tendo sua impregnação:

  • Perfilado Terapêutico;
  • Espuma;
  • Matelassê;
  • Órtese;
  • Edredom;
  • Boné;
  • Travesseiros.

Para conhecer melhor seus efeitos, assista o video: